Preparação para Construção em Aço: como iniciar uma obra com Estruturas Metálicas

Como realizar a preparação para construção em aço de uma grande obra? Entenda o que é necessário saber antes de iniciar.

Ao iniciar uma obra, um dos momentos mais importantes do processo construtivo é o planejamento.

Essa é uma etapa essencial para garantir o sucesso de qualquer projeto. Nela, é possível analisar qual é a estrutura ideal para utilizar em determinada obra, prever todos os recursos que serão utilizados no decorrer da construção, e entender como ela pode ser ainda mais eficiente, levando em consideração os custos, o tempo, durabilidade, facilidade, entre outros.

Porém, quando falamos em construção com estruturas metálicas, há algumas condições diferenciadas do que aquelas realizadas de forma convencional.

A seguir, confira 4 cuidados essenciais para se atentar e garantir o sucesso da sua obra.

4 cuidados essenciais antes de iniciar uma construção em aço

1- Proteção contra a corrosão

Todos os sistemas estruturais necessitam de proteção contra a corrosão para

garantir excelente desempenho durante a vida útil prevista para a obra. 

Além disso, essa proteção pode ser obtida do próprio material ou através de revestimentos protetores, como por exemplo, a pintura. Portanto, um cuidado especial deve ser dado na escolha dos materiais e seus respectivos sistemas de proteção.

2 – Proteção contra fogo

Outro cuidado essencial é em relação à sua resistência frente ao fogo em caso de um incêndio. As normas estabelecem para cada tipo de utilização o tempo requerido de resistência ao fogo (TRRF). Alguns elementos estruturais podem necessitar de revestimentos protetores para completar a resistência necessária. 

3 – Desperdício de materiais e mão-de-obra

A construção em aço é industrializada por natureza, o que garante níveis mínimos de perdas. Entretanto, a chave para uma obra sem desperdícios é o planejamento, otimizando o emprego de cada material e suas interfaces.

4 – Custos financeiros

Independentemente da estrutura ter custos mais altos, ela pode estar viabilizando o melhor resultado financeiro para o empreendimento. Cada empreendimento tem, portanto, uma equação financeira a ser resolvida, e poderá conduzir para um sistema estrutural mais rápido como as estruturas de aço.

Veja, a seguir, aspectos técnicos da construção em aço: juntas, fixadores e conexões.

Juntas, Fixadores e Conexões

Na construção em aço, a qualidade das juntas, fixadores e conexões desempenha um papel fundamental na integridade e estabilidade da estrutura. A seguir, confira os detalhes de cada uma delas e suas principais funções em uma obra.

Juntas

Juntas de solda

As soldas são comumente usadas para unir componentes de aço. A qualidade da solda é crítica para a integridade estrutural. Isso inclui a correta preparação das superfícies, a seleção do método de soldagem apropriado e a qualificação dos soldadores de acordo com as normas aplicáveis.

Juntas parafusadas

Parafusos são frequentemente usados em vez de soldas em determinadas aplicações. As juntas parafusadas exigem cálculos precisos para garantir a força adequada e a distribuição de cargas.

Juntas de encaixe: Algumas estruturas de aço usam juntas de encaixe, onde as peças se encaixam umas nas outras. A precisão no corte e na montagem dessas peças é essencial para garantir uma junta sólida e precisa.

Fixadores

Parafusos

Parafusos são usados para fixar componentes em conjunto, muitas vezes em juntas parafusadas. A escolha do tipo de parafuso, como parafusos estruturais de alta resistência, e a devida instalação são críticas para a segurança.

Rebites

Os rebites eram comuns em estruturas metálicas antigas e ainda são usados em algumas aplicações. Eles são fixados por aperto e requerem máquinas especiais para sua instalação.

Pinos de cisalhamento

São usados para conectar componentes de aço em aplicações de cisalhamento. Esses pinos são dimensionados para suportar as cargas de cisalhamento na estrutura.

Conectores de cisalhamento e força cortante: Conectores como chumbadores de cisalhamento e parafusos de alta resistência são usados para transferir forças cortantes em uma estrutura, garantindo a estabilidade.

Conexões

Conexões viga-coluna

As conexões entre vigas e colunas são críticas para a integridade de uma estrutura. Elas devem ser projetadas para suportar as cargas de maneira eficaz e segura. Existem diferentes tipos de conexões, como conexões de topo, de canto e de base.

Conexões de membrana

Essas conexões são usadas em aplicações de coberturas metálicas e painéis de parede. Elas devem ser seladas adequadamente para evitar infiltração de água e manter a integridade da cobertura.

Conexões de fundação

As conexões entre a estrutura de aço e as fundações são críticas para distribuir as cargas do edifício para o solo. A escolha de âncoras e conectores adequados é fundamental.

Conexões de escalada

Em estruturas de vários andares, as conexões de escalada são usadas para unir as estruturas dos andares sucessivos. Elas devem ser projetadas para suportar tanto as cargas verticais quanto as horizontais.

Conte com um parceiro experiente e confiável

Com 45 anos de experiência que vão além do tempo, a Dagnese oferece soluções para construções metálicas no mercado nacional e internacional. 

Já entregamos mais de 2.000 obras e 8 milhões de m² de estruturas metálicas e estamos entre os maiores players do mercado.

  • Do projeto à fabricação e montagem
  • Modelo construtivo fluido
  • Implantação simplificada e segura
  • Pontualidade em cada prazo
  • Projetos próprios ou como parceiro

Conheça nossos cases e dê início a essa parceria onde ajudamos você a expandir negócios construtivos com agilidade, engenharia avançada e a segurança do aço.